Tuesday, July 31, 2012

Tortilha de espargos brancos, pimento verde e cebola


Fazer tortilhas não é o meu forte. Ou deixo queimar um dos lados, ou fica meia crua por dentro e parte-se, é raro sair bem. E por isso evito fazer. Contudo, fiquei completamente deliciada com esta tortilha que a minha tia fez há umas semanas atrás e achei que devia dar-me uma nova oportunidade e tentar recria-la em minha casa.

Tenho a certeza que quem se considerar um "expert" a fazer tortilhas terá uma técnica muito especial para a fazer, mas quem tiver alguma dificuldade ou algum receio, como eu, aconselho o seguinte (foram os passos que segui e até nem correu muito mal!):
- façam tortilha pequenas, pois são mais fáceis de virar e de cozinhar;
- no primeiro minuto logo a seguir a juntar os ovos mexa-os delicadamente, para ajudar a cozinhar mais rapidamente;
- de seguida tape com uma tampa de um tacho e deixe cozinhar em lume baixo;
- quando a tortilha estiver praticamente cozinhada, desprenda-a da frigideira com a ajuda de uma espátula e deslize-a para um prato grande (a parte mal cozida deve ficar para cima), coloque a frigideira por cima do prato, vire com cuidado e volte a colocar a frigideira ao lume mais um minuto, no máximo.

Se tiverem mais dicas, partilhem nos comentários, sim?! :)



Tortilha de espargos brancos, pimento verde e cebola
6 ovos
1/2 pimento verde cortado às tiras
1/2 cebola cortada às rodelas
1 batata pequena, cozida, sem pele, cortada em cubos de 1-2cm
6 espargos de conserva, cortados em pedaços de 2 cm
Azeite, sal e manjericão

Numa frigideira média aqueça um pouco de azeite, e salteie a cebola e o pimento. Junte a batata e por último os espargos. Bata os ovos numa tigela e tempere com sal. Deite os ovos por cima dos vegetais e deixe a tortilha cozinhar de acordo com os passos descritos acima. Sirva a tortilha com algumas folhas de manjericão.
Pin It Now!

Wednesday, July 25, 2012

3 coisas que fiz no fim-de-semana que passou...

Entretanto voltei de férias e já estou a trabalhar, mas enquanto preparo os posts dos meus últimos dias de descanso, deixo-vos com uma pequena amostra do meu fim-de-semana.


Então, este fim-de-semana foi fim-de-semana em família e a "estrela" foi, claro está, a minha irmazinha de 8 (quase, quase 9) meses. Foram 2 dias de muitos mimos, brincadeiras, hmmm... e algumas birras!


Também foi fim-de-semana com direito a boa comida (não fosse este blog praticamente 100% dedicado a isso!). Aceitei o amável convite do Chef Olivier para experimentar o menu de degustação no seu já conhecido restaurante japonês Yakuza by Olivier, que este verão está também no Algarve, mais precisamente no Pine Cliffs Resort. 


E por último, mas não menos importante, foi fim-de-semana para descansar nas maravilhosas praias do Algarve, onde o tempo não desiludiu: fez calor e a água estava um sonho.

Aguardem uns dias e vai haver mais fotos de praia e comida!

Pin It Now!

Wednesday, July 11, 2012

Linguine com molho cremoso de beringela, tomate e manjericão



Neste momento estou de férias e que bem que me estão a saber estes diazinhos de descanso! Comecei por passar um dos fim-de-semana em Azeitão com a minha mãe, a minha tia e o meu irmão – é tão bom e confortável estar em família! Depois fiquei uns dias em Lisboa, fui pela primeira vez buscar a minha irmãzinha c. de 8 meses para passar uma tarde inteira comigo! Fomos almoçar com as minhas amigas à esplanada do Arigato da Expo e depois fizemos, juntamente com a MJ, uma visita à nossa amiga F. que tem duas piolhitas amorosas. Foi muito divertido! Ah, e cansativo também! Carrinho para aqui, cadeirinha para ali, chupeta, saco, biberon com água, enfim, um mundo completamente desconhecido para mim!



Os dias seguintes foram passados no Masstige Praia, de novo em Azeitão, ainda deu para dar um saltinho à Arrábida, que continua paradisíaca, como sempre, e ir ao SBSR (muito fraquito este ano).
Na segunda-feira, o m. e eu estávamos de volta a Lisboa e foi quando finalmente (já vão perceber o “finalmente”…) me deu para fazer esta massa.



Não sei se costumam comprar a revista do Jamie Oliver, mas é de lá que vem esta receita. Foi uma das receitas que marquei logo para fazer “brevemente” porque cada vez que olhava para as fotos que a acompanhavam só me apetecia mesmo dar uma garfada bem grande nesta massa. Ora o meu “brevemente” demorou sensivelmente 3 anos… é verdade, a receita original de Creamed Aubergine Tomato & Basil Linguini é da edição de Agosto/Setembro de 2009!!!



Apesar de ser completamente viciada em edições on-line e é nos vários blogs e sites que sigo diariamente que me vou inspirando, tenho uma paixão enorme por papel. Não consigo imaginar a minha vida sem um livro ou uma revista que possa andar comigo, onde posso tomar notas, marcar páginas, ler e reler várias vezes, sempre com uma perspectiva diferente.



Eu gosto bastante da revista do Jamie Oliver. É indiscutível que as receitas dele são deliciosas e na sua maioria bem fáceis de se fazer, e adicionando a isso um design gráfico cuidado, divertido e cheio de pormenores, e mais umas fotografias de fazer crescer água na boca, resulta uma revista que realmente vale a pena comprar e guardar para sempre.


Linguine com molho cremoso de beringela, tomate e manjericão (receita Jamie Oliver – modo de execução e texto adaptado)

1 beringela
Azeite
4 dentes de alho, sem casca e cortados em fatias finas
2 filetes de anchova
400g de linguine
Uma mão-cheia de folhas de manjericão fresco
1 lata de 400g de tomate inteiro pelado
1 c.sopa de vinagre balsâmico
Um pedaço de manteiga
100g de queijo Parmesão ralado na altura

Comece por cortar a beringela em cubos de 1 cm de lado e salteie numa frigideira bem quente com algum azeite durante aproximadamente 5 minutos ou até ficar dourada. Adicione os filetes de anchova e o alho. Entretanto comece a fazer a massa de acordo com as instruções do pacote. Seleccione as folhas maiores do manjericão e guarde algumas das mais pequenas e bonitas para a decoração. Pique grosseiramente as maiores. Junte o tomate às beringelas e desfaça-o com a ajuda de uma colher de pau. Temperem a gosto e juntem o vinagre, a manteiga e o manjericão picado. Coloquem tudo num food processor e triturem muito bem. Nesta altura eu adicionei umas conchas de água da cozedura da massa para tornar o molho mais fluido. Junte o molho à massa e misture bem, juntamente com o Parmesão ralado e as folhas de manjericão que tinha reservado para a decoração. Sirva de imediato e polvilhe com mais Parmesão.


Pin It Now!