Wednesday, September 07, 2011

Férias de Verão - Parte II


Num registo bem mais calmo, a parte II das férias foi também maravilhosa. S. Miguel é um óptimo destino para quem gosta de estar em contacto com a natureza.

Fui com o m. para casa do amigo dele p. e uns dias mais tarde, a j. também se juntou a nós. A família do p. é de S. Miguel, o que fez com que conseguíssemos visitar o principal e mais bonito da ilha, mas sem esquecer que estar de férias também é ficar a preguiçar de manhã na cama e à tarde na praia!


Os dias começavam com pequenos-almoços deliciosos: sumo de laranja natural com bolos lêvedos e massa sovada tostada com queijo fresco e doce de amora. Depois seguíamos para as várias atracções da ilha. Aqui ficam os melhores spots:


• Praia dos Moinhos – fica na parte norte da ilha, perto da Ribeira Grande, e eu achei-a a praia mais gira de toda a ilha; a j. diz que se come um hamburger maravilhoso por lá (eu não experimentei mas fiquei cheia de vontade!);


• Lagoa do Fogo – o trilho começa no miradouro da lagoa e o caminho até lá abaixo dura 15 minutos; a lagoa está rodeada de pequenas praias desertas por isso pouco mais se ouve além do vento, o contacto com a natureza é 100%, para mim é o sítio mais bonito e romântico da ilha;


 • Furnas – nas Furnas há imensas atracções: entre comer o cozido, bebericar água das várias fontes naturais, ver as várias nascentes de água em ebulição, dar uns mergulhos na piscina das Furnas, passear pelo parque e ir, sem falta à…

• Poça da D. Beija!!! – vínhamos da praia da Ribeira Quente e parámos nas Furnas para comprar bolos lêvedos e a j. sugeriu passar pela Poça da D. Beija para dar uma espreitadela: espreitamos e adorámos! São várias “piscinas” arranjadinhos ao longo de uma ribeira, com água muito quentinha, tipo 37ºC – óptimo para ir ao final do dia quando já começa a arrefecer;




• Nordeste – o nordeste está cheio de miradouros muito bem arranjados e equipados, vale a pena preparar um belo picnic e passar o dia a passear nesse lado da ilha; visitem o Miradouro da Ponta da Madrugada e a Ribeira dos Caldeirões.

 


Ao jantar, ficávamos por casa a comer os petiscos da t. (a cozinheira da casa) ou íamos jantar fora. Para os carnívoros recomendo o bife regional. É um bife enorme, alto (eu tive que pedir meio…!) temperado com alho e pimenta (tipo malagueta). Carnívoros ou não, têm que comer lapas. As lapas são grelhadas e vêem com imensa manteiga derretida, alho e por vezes ervas aromáticas – uma delícia!


Foram umas férias inesquecíveis, adorei cada dia que passou e já estou cheia de saudades!
Pin It Now!