Sunday, October 17, 2010

Bolo de Maçã, mais blogues e uma entrevista


Acho que cada um tem mais ou menos uma receita própria de bolo de maçã, e na verdade existem inúmeras maneiras de fazer um excelente bolo de maçã. A receita que normalmente costumo fazer é inspirada no livro que já vos falei aqui "Mary Berry's Ultimate Cake Book". A maçã é ralada, e colocada entre a massa, tipo recheio, e vai tudo junto ao forno. O resultado é maravilhoso: quando levamos uma garfada à boca, sentimos perfeitamente a textura macia e sumarenta da maçã e a parte fofa do bolo, e como a maçã está ralada, toda a mistura desfaz-se igualmente pela boca. A receita original também leva nozes e passas. Eu omito sempre as passas. Já as nozes, acho que adicionam um pouco de aventura na garfada perfeita!

Mas este post não é só sobre bolo de maçã. Já conhecem o blogue Little upside-down cake?
Uma verdadeira inspiração doce criada pela Sanda, uma apaixonada pela cozinha, em particular por bolos, bolinhos, doces e biscoitos! E a blogosfera tem destas coisa, une pessoas que têm interesses comuns. Começamos por nos "conhecer" pelo FB, mais tarde combinamos um almoço e hoje partilho convosco a minha pequena 'contribuição' para o blogue dela
:

http://sandapagaimo.blogspot.com/2010/10/diana-and-in-mood-for-food.html

Obrigada Sanda!

And last but not least, actualizei a minha lista de inspirações diárias. No meu Google Reader sigo imensos blogues e já há algum tempo que tenho mais umas inspirações para partilhar. Espero que gostem também!



Bolo de Maçã

3 a 4 maçãs descascadas e raladas
250g de farinha
250g de manteiga
200 g de açúcar
3 ovos
80g de nozes picadas + 20g para polvilhar
2 c. chá de fermento
1 c. chá de canela em pó

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma de mola com um pouco de manteiga e polvilhe com farinha. Numa tigela misture a farinha, o fermento, o açúcar, a manteiga, os ovos*, as nozes e a canela e bata tudo durante 2 minutos. Deite metade da mistura na forma e espalhe bem, de modo a que a superfície fique uniforme. Distribua a maçã ralada sobre a massa e deite por cima a restante massa. Polvilhe com um pouco de açúcar e as restantes nozes. Leve ao forno durante 30 a 40 minutos. Retire do forno e deixe arrefecer um pouco antes de desenformar. Se preferir, polvilhe com um pouco de açúcar em pó antes de servir.

* ver comentários

Pin It Now!

Sunday, October 10, 2010

Bruschetta de shiitake e sálvia


Sou só eu que acho, ou o tempo parece que está a voar? A chuva já cá está outra vez e o frio não tarda. Ultimamente tenho passado muito tempo pelo Príncipe Real. Estou fã do Orpheu e vou lá tomar o pequeno-almoço ou lanchar sempre que posso. Depois aproveito para ir ao mercado biológico ou apenas sentar-me num banco de jardim e ler um pouco.

Este sábado não foi excepção. Depois de um grande sumo de laranja, um café com leite de soja e de um estudo intensivo da Vogue para me por ao corrente da moda Outono/Inverno 2010, parei numa das banquinhas do mercado do Príncipe Real e comprei uns cogumelos shiitake e um molho de sálvia fresca para fazer esta bruschetta.


Bruschetta de shiitake e sálvia

1 fatia de pão tipo Alentejano
250 gr de cogumelos shiitake
5 ou 6 folhas de sálvia fresca picada
1 a 2 c. sopa de azeite
1 c.chá de manteiga
Sal e pimenta

Coloque uma frigideira ao lume e deixe aquecer bem. Com a ajuda de um pincel ou escova de vegetais, limpe os cogumelos. Corte grosseiramente os maiores e envolva todos num pouco de azeite. Deite os cogumelos na frigideira e deixe saltear durante 2 ou 3 minutos. Junte a sálvia e cozinhe por mais 1 minuto. Fora do lume, junte a manteiga e tempere com sal e pimenta a gosto. Retire os cogumelos da frigideira e reserve. Volte a por a frigideira ao lume. Deite mais um pouco de azeite sobre a fatia de pão e toste-o na frigideira (assim o pão absorve todo o sabor dos cogumelos e da sálvia). Assim que o pão estiver tostado, retire do lume e disponha os cogumelos por cima. Sirva de imediato.


Dica Naturopatia by Maria

A Salvia (Salvia Officinalis)é um potente bactericida, utilizada frequentemente em farintites, larigintes, anginas e gripes. Possui uma acção anti-séptica e cicatrizante.

Pin It Now!