Thursday, December 31, 2009

O último jantar de 2009

Eis o meu último jantar do ano!!! Não, não vou jantar ao restaurante "2780 Taberna", vou antes tentar recriar algumas das receitas que lá fazem: sopa de abóbora com mousse de requeijão, charutos de bacalhau e vieiras com risotto de caipirinha. Ofereceram-me este livro pelo o natal e acho sinceramente que é dos livros de receitas mais giros dos últimos tempos. Cheio de informação interessante, fotografias muito originais e um design divertido. Enfim, vale muito a pena comprar!
Entretanto, aproveito para vos desejar um óptimo 2010!
Até para o ano!!!

Pin It Now!

Tuesday, December 29, 2009

Sugar, spice and everything nice


Ok, por mim já chega de sonhos e filhoses, de chocolates e qualquer tipo de doce com ovos e açúcar. Ontem comi os últimos restinhos do natal e agora só quero coisitas mais simples, sem grandes elaborações, pouco enjoativas mas sempre nutritivas. Tal como pêras cozidas. Eu adoro a textura macia e ao mesmo tempo granulada da pêra. Acho que tudo o que fica delicioso com maçãs fica ainda melhor com pêras, e a maior diferença que encontro é mesmo nas pêras cozidas vs maçãs cozidas. Tradicionalmente junta-se uma casquinha de limão (receita muito popular entre os doentes…), ou cozem-se as pêras em vinho tinto (sobremesa muito “anos 80”). Eu cozi as minhas num xarope de especiarias, mais precisamente, gengibre, canela e alguns cardamomos. Óptimas para qualquer altura do dia. Ao pequeno-almoço complementam na perfeição papas de aveia – adoro comer papas de aveia no inverno. Ao almoço e ao jantar, fazem uma sobremesa leve, podendo-se adicionar um “custard” de baunilha para um resultado mais rico. Mas como eu mais gosto é da maneira mais simples, só as pêras e o xarope aromático morno por cima, hmmm…!


Pêras com gengibre e canela


4 pêras inteiras, descascadas
2 chávenas de água
1/4 de chávena de açúcar amarelo
1 pau de canela
1 pedaço de gengibre com 5cm de comprimento, cortado às rodelas
4 ou 5 cardamomos

Num tacho médio leve tudo ao lume, tendo o cuidado que as pêras devem ficar de pé.
Coza com tampa durante 20 a 30 minutos. Retire as pêras do lume e reduza o líquido a metade do volume. Passe o xarope por um passador fino e reserve. Sirva tudo morno.

Nota: o sabor do gengibre é muito forte e facilmente se torna picante; se não for fã deste sabor intenso, aconselho a usar menos quantidade de gengibre e durante menos tempo (pode retirá-lo a meio da cozedura, por exemplo)

Pin It Now!

Wednesday, December 23, 2009

O melhor recheio para o Peru de natal


Estamos a 2 dias do natal. Esperei o ano inteiro para comer o melhor recheio de peru de sempre: “Sage and Onion” (Salva e cebola). Só de pensar nisso já fico a salivar. A minha avó era inglesa e só pode ser por isso que elegemos este recheio como o recheio oficial do peru de natal na nossa família. A combinação “Sage and Onion” é típica da Grã-Bretanha, e até se vende a mistura já embalada e tudo. Mas não há nada como fazer em casa, ainda por cima a receita é tão simples, além de saudável e veggie – no que diz respeito a carne, já chega a do peru!

Se forem muito observadores, vão reparar que a minha latinha de salva (gentilmente oferecida no meu aniversário do ano passado pela Ghibli e pelo n.) passou de validade em Abril 2009… Mas é assim mesmo, “quem sai aos seus não degenera”. Uma das características da cozinha do meu avô é que qualquer frasco de especiarias/ervas aromáticas/temperos que pudéssemos encontrar, já tinha expirado há 20 anos atrás! E acreditem que ele tinha dezenas e dezenas de frasquinhos, caixinhas e saquinhos, maioritariamente da Schwartz (uma conhecida marca de temperos). Era uma risota naquela cozinha cada vez que íamos ver a validade das coisas. E acham que aquilo ia para o lixo?! Nem pensar! Já eram relíquias, especiarias Vintage!


Sage and Onion Stuffing (Recheio de salva e cebola, para peru ou outra ave)

1 cebola grande, sem casca
1 pão grande com 1 dia, sem côdea, ralado
1 ovo
Salva seca ou fresca picada qb
Sal e pimenta qb

Num tacho coza a cebola até esta ficar mole. Retire-a do lume e reserve o líquido. Corte a cebola em pedacinhos e junte o pão ralado, o ovo, a salva, o sal e a pimenta a gosto. Se quiser amolecer o recheio um pouco, junte uma ou duas colheres de sopa da água onde cozeu a cebola (naõ precisa de amolecer muito porque durante a assadura do peru, todos os sucos do mesmo acabam por dar uma textura mais mole ao recheio). Coloque o recheio dentro da cavidade central do peru.

Nota 1: ao contrário da maioria das ervas, eu gosto mais de salva seca do que salva fresca, acho que tem um sabor mais intenso e daí prefiro usá-la nesta receita.

Nota 2: É engraçado porque já tentei fazer o mesmo recheio noutras alturas do ano e não sabe tão bem. Só no natal é que é perfeito!


Pin It Now!

Wednesday, December 09, 2009

Que belo fim-de-semana! Sábado, fui ao supermercado da vila abastecer-me: pão, fruta, vegetais, iogurtes e queijos. A minha mãe fez o almoço no domingo: uma perca assada no forno com batatinhas e vegetais.

E eu decidi fazer um bolo de maçã* para o lanche, mas não conseguimos resistir a umas fatias, ainda mornas, como sobremesa. Enquanto choveu, dormimos a sesta e vimos filmes, quando começou a ficar frio, acendemos a lareira e assámos castanhas, quando o sol apareceu fomos até à praia. Quem me dera que fosse assim durante um mês! A descansar, a dormir, a passear e a comer!

*a receita brevemente
Pin It Now!

Wednesday, December 02, 2009

A piece of cake

O cheiro da baunilha e do côco espalhou-se ontem à noite cá por casa. Esperar que o bolo arrefecesse minimamente foi uma tortura. Metade do bolo já foi e fomos só dois a comer... Acho que não preciso dizer mais nada além de: OBRIGADA Ghibli!
Vejam a receita aqui.
Pin It Now!