Wednesday, April 29, 2009

Pasta de atum - dedicado ao M. :)


Eu sei que não há nada de extraordinário numa pasta de atum, mas eu adoro. Mas tanto, que não passa uma semana sem que eu não coma uma baguette estaladiça de pão integral, com uma pasta de atum cremosa, acompanhada de vegetais frescos e suculentos!


Pasta de atum

2 latas de atum, previamente escorridas
5 c. sopa de maionese
1 c.chá mostarda
2 c. sopa cebolinho
Umas gotas de limão
Pimenta a gosto

Desfazer o atum com a ajuda de um garfo. Misturar todos os ingredientes numa tigela, levar ao frigorífico 1h e servir.



Se sobrarem umas colherzinhas…


“Tortitas” de batata e pasta de atum

4 batatas pequenas, cozidas e grosseiramente esmagadas
2 c. sopa de pasta de atum
1/3 chávena de queijo mozzarella ralado
1 c. sopa salsa picada
1 ovo batido
1/2 chávena de pão fresco ralado
Farinha
Óleo para fritar

Misturar todos os ingredientes numa tigela. Temperar, se for necessário. Formar pequenos bolinhos achatados e passar ligeiramente por farinha. Colocar um pouco de óleo numa frigideira e fritar durante 2min de cada lado, até estarem dourados. Com um pouco de papel absorvente, retirar o excesso de óleo, e servir com uma salada de folhas verdes.

Pin It Now!

Sunday, April 26, 2009

Queques de cenoura, banana e nozes

“Vou deitar estas bananas fora” disse o N.

“NÃÃÃOOOO!!!!”
gritei eu, em pânico, com receio que já estivessem dentro do caixote do lixo “Eu quero fazer um bolo com essas bananas”.

O N. ficou a olhar para mim com ar de quem não ia comer o bolo, nem que lhe pagassem. Porém, o que ele não sabia é que por dentro daquelas cascas totalmente castanhas, estavam bananas com a consistência perfeita para bolos.

A receita destes queques é inspirada na receita de bolo de cenoura do livro da Mary Berry, do qual já vos falei aqui. E foi muito bem “inspirada”…


No início, o que eu queria mesmo fazer era bolo de cenoura, tal qual, mas, à medida que ia descobrindo que não tinha todos os ingredientes de que precisava, comecei a inspirar-me (leia-se aldrabar) e as coisas começaram a não correr bem: açúcar pelo chão, margarina derretida salpicada por todos os lados, cenoura a mais já dentro da tigela. Comecei a ficar um bocado irritada, nem sequer me dei ao trabalho de tirar a batedeira e mexi tudo “à mão”, e às tantas pensei “só há uma maneira de pôr alguma graciosidade a esta receita – vou fazê-la em pequenas formas”.

Depois de ter sujado todo o tabuleiro, e de sinceramente pensar que assim que os queques saíssem do forno só por milagre é que iria gostar deles, eis que o alarme do forno soou e não é que estavam com óptimo aspecto! Altinhos e dourados por fora, macios e fofos por dentro, não muito doces e saudáveis q.b.!

Queques de cenoura, banana e nozes (adaptada do livro Mary Berry’s Ultimate Cake Book)

225gr farinha com fermento
2 c.chá de fermento em pó
150g açúcar
Uma mão cheia de nozes picadas
150g de cenoura ralada
2 bananas bem maduras, esmagadas
2 ovos
50ml oléo vegetal
100gr margarina derretida

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Colocar 12 formas de papel num tabuleiro de queques.
Numa tigela misturar todos os ingredientes. Deitar igualmente nas formas e levar ao forno durante 15/20min ou até estarem dourados por fora e cozidos por dentro. Deixar arrefecer e polvilhar com açúcar em pó.

Nota: prefiram o açúcar mascavado – eu não tinha em casa mas é melhor do que o branco.
Pin It Now!

Friday, April 24, 2009

Sugestão para o Fim-de-Semana

Se ainda não foram ao evento gastronómico "Peixe em Lisboa", aconselho-vos a aproveitarem este fim-de-semana para se deliciarem com as criações gastronómicas de alguns dos mais conceituados Chef's do país. O evento é muito completo, inclui wine bar, cursos culinários, música ao vivo, grandes apresentações gastronómicas e um mercado gourmet, tudo num ambiente animado e com bom gosto.
Mais informações aqui.

Quando lá estiverem, experimentem as compotas e os chutneys do Convento dos Cardaes. Receitas originais e sabores únicos - um dos mais procurados aqui!

Pin It Now!

Wednesday, April 22, 2009

Lombinhos de porco preto

Confesso que não tenho muito jeito para cozinhar carne. Apesar de não ser vegetariana, a carne não faz parte do meu dia-a-dia nutricional e sendo assim também não me esforço muito para aprimorar receitas desse género.

Contudo, tinha uns lombinhos de porco preto no congelador e decidi que estava na altura de os cozinhar. Fui à minha “biblioteca” e nem hesitei na escolha: “A Cozinha de Vítor Sobral” tinha de certeza a orientação que precisava para cozinhar lombinhos de porco na perfeição.

É muito simples, limpa-se os lombinhos de gorduras excessivas, tempera-se com sal marinho e pimenta e cora-se em azeite. A receita completa é mais elaborada, tem uma emulsão de bivalves e umas migas de tomate, mas eu não quis arriscar e acabei por apenas adicionar um pouco de manteiga ao azeite, corei durante 15/20 min, retirei o lombinho do lume e deixei-o a repousar numa tábua, adicionei ½ chávena de vinho branco à frigideira, deixei ferver durante 2 min e, fora do lume, juntei uma noz de manteiga, deixando-a derreter completamente.

“Excelente”, disse o N. depois provar, com um ar sério e franzindo a testa em sinal de muito entendido em assuntos de carne.

Fiquei profundamente satisfeita :)
Pin It Now!

Tuesday, April 21, 2009

Vanilla petits pots de crème


Segunda-feira pode ser um dia complicado. Voltar ao trabalho depois do fim-de-semana e tal… não fossem os célebres jantares em casa da ghibli e do n., estes dias custariam muito mais. Cada semana há um ‘Chef’ encarregue de preparar o prato principal. Hoje ofereci-me para levar petits pots de crème com aroma a baunilha.

E o que é um petit pot de crème? Para quem é familiar com o termo custarda, digamos que é uma custarda cozinhada em banho-maria. Para quem estes termos não dizem nada, é algo entre leite creme e pudim! Leiam mais aqui.


(6) Vanilla petits pots de crème (receita adaptada do site La Tartine Gourmande)
200ml natas
300ml leite meio gordo
2 ovos + 1 gema
1/3 chávena de açúcar
1 vagem de baunilha

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Num tacho médio, ferver as natas, o leite e a baunilha. Retirar do lume e deixar em infusão durante 30 minutos. Entretanto, numa tigela, bater os ovos, a gema e o açúcar. Coar o leite quente aos poucos sobre a mistura de ovos e mexer bem. Remover a espuma que se possa ter formado à superfície e deitar a mistura em pequenas tigelas tipo ramekins. Colocar os ramekins num tabuleiro com água, de modo a que fiquem meio imersos. Levar ao forno durante 40 min ou até estarem firmes no centro. Deixar arrefecer e colocar no frigorífico algumas horas antes de servir.


Pin It Now!

Sunday, April 19, 2009

Banana and Toffee Pie


Vocês não vão acreditar a quantidade de informação que existe à volta desta tarte. E, no entanto, por aqui, nem se houve falar dela. A primeira vez que a fiz foi um sucesso. E na verdade, não há como resistir à combinação de bananas com toffee (mais conhecido por Dulce de Leche ou leite condensado cozido).

Há uma pessoa em particular que sempre que me vê pede para fazer de novo esta receita: a Filipa! E é pela ocasião do aniversário dela, que a banoffee pie aparece de novo neste blog.


Banoffee Pie (adaptada da receita The Original Hungry Monk Banoffee Pie)

1 pacote de bolachas digestivas
100g de manteiga derretida
1 lata de leite condensado
3 bananas
400ml de natas batidas
4 c.sopa de açúcar em pó
Raspas de chocolate
q.b.

Cozinhe o leite condensado dentro da lata, num tacho alto, com água a 2 dedos acima do topo da lata* durante 3h. Deixe arrefecer totalmente antes de abrir a lata. Entretanto, numa picadora ou copo de batido, triture as bolachas digestivas até parecerem farinha. Numa tigela junte as bolachas e a manteiga derretida. Passe esta mistura para o fundo de uma tarteira e pressione com os dedos até cobrir toda a forma, incluindo os lados. Leve a base da tarte 10 min ao forno a 180ºC. Bata as natas até ficarem firmes, adicione o açúcar em pó, misture bem e reserve no frigorífico. Para montar a tarte, cubra a base da tarte com o leite condensado cozido, coloque por cima as bananas cortadas às fatias, seguidas das natas. Antes de servir, polvilhe com raspas de chocolate.

*ATENÇÃO: não deixar que a água evapore durante a cozedura; sempre que for necessário reponha a quantidade de água ao nível original.

Pin It Now!

Saturday, April 18, 2009

Flower Power

Surpresas como esta fazem-me esquecer a semana de trabalho mais desgastante de sempre e começar o fim-de-semana com um grande sorriso! E com uma grande vontade de cozinhar :)
Pin It Now!

Wednesday, April 15, 2009

Disasters

Hoje dei por mim a vaguear pelo blog Smitten Kitchen e deparei-me com uma das melhores categorias de receitas: desastres. Ri-me como há muito não me ria principalmente porque de uma maneira ou outra me identificava com as situações. Não deixem de ler!

Gut and other ignored things
Anything-but-clementine clafoutis
Over-the-top (irksome) quiche

Pin It Now!

Monday, April 13, 2009

Salvaterra do Extremo

Como já devem ter percebido, nas mini férias da Páscoa andei pela Beira Baixa. Não por acaso, pois toda a família do N. é de Castelo Branco e arredores e nestas alturas mais festivas acompanho-o sempre na visita.
Mas desta vez, não era só a família do N. que estava por lá: tivemos um convite da F.V. e do meu Pai para conhecer Salvaterra do Extremo.

Começámos por almoçar no restaurante “Helana”, em Idanha-a-Nova. Depois rumámos até Salvaterra e ficámos por lá durante a tarde.
A vila é muito típica e o que os habitantes e visitantes mais gostam de fazer é caminhadas. A paisagem ajuda, é lindíssima, quer pela envolvente histórica quer pela abundante natureza, que neste mês vibrava em tons amarelos e lilases. Aconselho, sobretudo, uma visita ao rio Erges pela vila de Segura, a poucos quilómetros de Salvaterra. No verão, dizem que os banhos sabem maravilhosamente bem!

O melhor sítio para ficarem alojados é na simpática Casa do Forno (não imaginam o cheirinho a canela que se sentia pelos corredores!)


Casa do Forno
Rua de S. João
6060-501 Salvaterra do Extremo
Tlf. 277455021
Rua José Silvestre Ribeiro, 35
6060-133 Idanha-a-Nova
Tlf. 277 201 095
Horário:
12-14h30
19h30-22h30
Encerra à 3ª Feira todo o dia e à 4ª Feira ao almoço

http://www.helana.com/
Pin It Now!

Sunday, April 12, 2009

O meu sítio preferido em Castelo Branco

Visitar o Parque da Cidade é um dos meus passeios preferidos quando vou a Castelo Branco com o N. O que me faz gostar deste parque é o facto de ser uma horta, pomar e jardim de ervas aromáticas, tudo no mesmo sítio. Adoro passear pelos canteiros e ver o que a Câmara Municipal está a cultivar no momento: couves de vários tipos, espinafres, espargos, erva cidreira, cebolinho, beterraba, entre outros. Nesta última visita fiquei particularmente inspirada com o aroma dos orégãos frescos...!

Pin It Now!

Thursday, April 09, 2009

Easter Eggs

The egg as a symbol of the start of new life. Pin It Now!

Monday, April 06, 2009

The Burger Experience

Isto é só para vos abrir o apetite! Não vou dar as receitas, mas faço a apresentação das estrelas: em cima temos um chicken burger; em baixo, à esquerda temos um traditional burger, e à direita um veggie burger. O projecto é de três grandes amigos, mas para mais informações, terão de esperar...!
Pin It Now!

Sunday, April 05, 2009

Bebidas - À Margem

A esplanada À Margem é um sítio excelente para apreciar o que Lisboa tem de melhor: a luz e o rio Tejo. No sábado, fomos lá só tomar uma bebida durante a tarde, mas fiquei deliciada a ver as tostas e as saladas a passar - com muito bom aspecto e bem caprichadas!


À Margem
Doca do Bom Sucesso - Lisboa
1400-038 Lisboa
Horário:
Domingo a 4ª, das 10-21h
5ª a Sábado, das 10-01h

Pin It Now!

Saturday, April 04, 2009

Salada de Batata

Esta salada acompanhou lindamente os nossos bifes grelhados, no almoço de hoje.

Salada de Batata

3 batatas, descascadas e cortadas aos cubos
1 cebola roxa, picada
2 ovos

Para o molho:
2 c.sobremesa de maionese
1 c.sobremesa de iogurte natural
1 c.sobremesa de sumo de limão
1 c.chá de mostarda Dijon
Sal e pimenta
Cebolinho picado

Coza as batatas e os ovos. Entretanto, numa tigela média, misture todos os ingredientes para o molho. Adicione as cebolas picadas e misture. Quando as batatas estiverem cozidas, escorra e adicione ao molho, envolvendo bem. Por fim junte os ovos cozidos picados. Antes de servir polvilhe com mais cebolinho picado.
Pin It Now!

Thursday, April 02, 2009

Um bolo para o fim-de-semana

Confesso que por vezes não sou eu que escolho as receitas que vos apresento aqui… A de hoje foi escolhida pelas laranjas e pela caixa de ovos que habitam na minha cozinha há duas semanas. Disseram-me para fazer um bolo.

Se cozinham habitualmente, já se devem ter deparado com esta situação. Compra-se um bocadinho a mais e não se usa tudo de uma só vez, ou compra-se a pensar que se vai usar e depois fica semi-esquecido no frigorífico ou na dispensa, ou vem de casa da mãe, ou do jardim do avô, ou do quintal da amiga, e de repente, os ingredientes que temos infiltram-se no nosso processo criativo e voilà: uma receita reciclada! - eu simplesmente adoro quando isto acontece :)


Bolo de Laranja aromatizado com mel e cardamomos (adaptado do livro “Doçaria Portuguesa”)

4 ovos
200g açúcar
125g manteiga, derretida
Raspa de 2 laranjas
150g farinha integral
1 c.chá de fermento em pó

Para a calda:
Sumo de 2 laranjas
1 c.sopa de mel
5 cardamomos esmagados

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa tigela média bata o açúcar com as gemas. Depois junte a manteiga derretida e volte a bater bem. Adicione a raspa das laranjas. Bata as claras em castelo e envolva-as na massa, alternando com a farinha e o fermento.
Coza o bolo, numa forma untada e polvilhada com farinha, durante 30min. Entretanto aqueça o sumo com o mel e os cardamomos. Ferva um minuto e tire do lume. Deixe em infusão. Retire o bolo do forno e deixe arrefecer um pouco. Passe a calda por um coador para retirar os cardamomos e alguma polpa da laranja. Deite a calda por cima do bolo ainda morno. Antes de servir, polvilhe com açúcar em pó.
Pin It Now!

Wednesday, April 01, 2009

Inspiração Grega

Umas colheres de sopa bem cheias de iogurte natural, seguidas de mel e nozes picadas q.b.! Pode ser um pequeno-almoço, uma sobremesa ou um mimo ao final da tarde!
Pin It Now!